Hrungnir_battling_Thor

Até mesmo o poderoso deus Thor já teve medo de ter perdido suas forças. Até mesmo ele já fora desafiado e achou que estava falhando. Porém, ele era Thor, deus do trovão, filho de Odin e provou que nada poderia ir contra sua força e resistência. Os gigantes o desafiaram a executar façanhas para provar que Thor, realmente, merecia a fama que tinha. A primeira tarefa dada a Thor, foi uma disputa de bebida. Utgard-Loki, o rei dos gigantes, pediu para seu copeiro que trouxesse o chifre. O rei disse que o bom bebedor esvazia o chifre em um gole, ou no máximo dois e os fracos em três. Thor olhou para o chifre, que não lhe parecia um grande desafio, bebeu durante o maior tempo que pôde e quando terminou, percebeu que a bebida não havia saído do lugar. Tentou mais inúmeras vezes e ainda assim, parecia não beber uma gota. Utgard lhe propôs um novo desafio: levantar seu gato do chão. Mal acabara de falar e um grande gato cinzento entrou no salão. Thor segurou-o pela barriga e fez o possível para levantá-lo, porém, não conseguiu levantar sequer uma pata do animal. Thor, revoltado, desafiou um dos gigantes para uma luta. O rei adorou a proposta e convocou Elli, sua ama, para lutar com o deus. Entrou no salão, nesse momento, uma velha desdentada e com dificuldades para caminhar com a coluna ereta. Depois de uma luta violenta, Thor cedeu e ajoelhou-se, exausto. No dia seguinte, quando Thor estava pronto para partir, o rei Utgard-Loki lhe contou a verdade. Ele confessou sua admiração, e disse que se não tivesse visto o que o deus do trovão fez, não teria acreditado. Primeiro, disse que o chifre em que Thor bebeu estava com uma de suas extremidades ligadas ao mar, que ele não conseguiu esvaziar, porém, quando chegasse à praia, perceberia o quanto o mar havia diminuído. Depois, contou que o gato que Thor tentara levantar, era na verdade a serpente de Midgard que foi tão distendida por ele que mal conseguiu rodeá-la entre sua cabeça e sua calda. A luta com Elli foi sua façanha mais admirável, pois jamais houve ou haverá um homem que mais cedo ou mais tarde não acabe sendo vencido pela velhice e era isso que Elli realmente era.

Written by | Renata Biscaro

Tolkieniana, viciada em café e história, apaixonada pela Noruega e filha de Freyja.